quarta-feira, 6 de abril de 2016

ANDANDO NO SOBRENATURAL

Mateus 14.22 – 33

Há tempestades que vêm em nossas vidas, apenas para tirar-nos do barco. Tirar-nos da zona de conforto, tirar-nos a segurança e a confiança que depositamos nas pessoas e/ou nas coisas, enfim, para dependermos completamente do Senhor. E quando exercemos essa ousadia de sairmos do barco (zona de conforto), experimentamos o sobrenatural de Deus, pois Ele nos fará andar sobre as águas (acima dos problemas, das aflições, angústias, temores e etc...).

E aqui, você tem duas escolhas: Ser aquele que contará o milagre de si mesmo, assim como Pedro que, como lemos no texto, teve a ousadia e coragem de andar sobre as águas... Ou você prefere contar milagres a cerca do que aconteceu com os outros, como os onze discípulos que ficaram no barco?
Pedro permaneceu andando sobre as águas, enquanto seus olhos estavam fixos no Senhor Jesus. Mas, por um instante Pedro tirou seus olhos do alvo, tirou seus olhos daquele que era a ÚNICA razão dele estar rompendo com a lei de Newton. E então os problemas, as aflições da vida e os nossos medos, representados aqui neste texto pela “força do vento”, fizeram com que Pedro afundasse...

Mas, como não poderia ser diferente, por Sua graça e misericórdia, Jesus estava ali para levantá-lo e colocá-lo de volta andando no sobrenatural... Andando acima das circunstâncias...

Creio que do mesmo modo, assim O Senhor fará comigo e com você. Mesmo quando falhamos, mesmo quando duvidamos ou até mesmo, quando O renunciamos, o Senhor não deixa de nos amar, pois a essência do caráter de Deus é o AMOR. E nos momentos de maior tribulação, Ele está ao nosso lado, nos fortalecendo e sussurrando em nosso espírito para não desanimarmos diante do que estamos vendo e vivendo, “pois o Seu poder se aperfeiçoa em nossas fraquezas”. (2 Cor. 12.9).
Escolha viver no SOBRENATURAL DO SENHOR e, sua vida nunca mais será a mesma.

Deus abençoe sua vida de forma sobrenatural.

João Campos

Igreja Batista da Lagoinha Castelo
https://www.facebook.com/lagoinhacastelo/?fref=ts

Nenhum comentário:

Postar um comentário