domingo, 12 de dezembro de 2010

Cristãos Verdadeiros!

Muitos de nós, os chamados "cristãos", temos tido uma idéia errônia do que é "agradar o coração de Deus".

Em primeiro lugar, precisamos entender de fato o que significa esta "nomenclatura", CRISTÃO! Quando nos apresentamos como "cristãos", estamos dizendo, declarando, proclamando e afirmando que dentro de nós, habita a "essência" de Cristo. Que vivemos uma vida "cristocêntrico", isto é, Cristo no centro de tudo.

Os discipulos, no livro de Atos, viviam de forma notória a "essência de Cristo", tanto que, pela primeira vez, o povo concedeu a eles o nome ou a nomenclatura de "cristãos". "Em Antioquia, foram os discipulos, pela primeira vez, chamados cristãos". (Atos. 11.26b)

Mas, será que essa tem sido de fato a mesma realidade em que vivemos como "cristãos" hoje? Será que o meu parâmetro de vida, ou a maneira da qual eu vivo, assim como a dos discipulos, reflete perante a sociedade a essência de Cristo? Quando as pessoas olham para mim, qual tem sido a conclusão delas? Será que elas (as pessoas do mundo) tem desejado aquilo que esta dentro de mim?

Se as respostas para estas simples perguntas, é um categorico NÃO, ou um TALVES, ou quem sabe um NÃO SEI, ou até mesmo, SEI LÁ... Meu amado (a) e precioso (a) irmão, com certeza absoluta, você precisa rever urgentemente seus conceitos, principios, valores e principalmente,  sua vida com Deus.

Pois, agradar o coração de Deus não é simplesmente estar dentro de uma igreja, ir aos cultos todos os domingos, dar dízimos e ofertas, ajudar os necessitados, andar com a Bíblia debaixo do braço, fazer parte de ministério A, B ou C, ou subir no altar para ministrar louvor e adoração, cantar, dançar, levantar as mãos etc.... não!! essas coisas são apenas expressões de amor de quem anda com Deus. Mas, agradar verdadeiramente o coração de Deus, vai muito além dessas e de tantas outras expressõs.

Podemos dizer que o principio de tudo, esta na motivação do nosso coração para com essas expressões diante de Deus.
Teste básico: Pergunte a si mesmo: Se realmente é para o Senhor que estou fazendo isso, então, não irei me importar se o meu lider me pedir para não cantar hoje e ficar somente cumprimentando os irmãos que vão chegando... Ou ficar no estacionamento, axiliando os irmãos a estacionarem seus carros... Pois, se estou ali para "servir", servirei em qualquer area. Certo? Quem dera, fosse tão simples assim.

Ao longo da minha caminhada com o Senhor e por fazer parte de uma igreja de grande expressão em nossa nação, tenho me deparado com uma geração deturpada quanto à "agradar a Deus" e servir aos irmãos.

Os chamados "cristãos" desta geração estão esquecendo que tudo o que somos e temos vem do Senhor. Os dons, os talentos, o ministério etc...etc...etc... Esquecem que tudo que o Senhor confia em nossas mãos é para somente duas coisas: GLORIFICAR O SEU SANTO NOME E GERAR VIDAS, PARA QUE O REINO DO SENHOR SEJA A CADA DIA ESTABELECIDO AQUI NA TERRA...
Mas, o que tem na verdade acontecido é: GLORIFICAR O MEU PRÓPRIO NOME E GERAR UMA SALDAÇÃO DE PALMAS EM PROL DO QUE ESTOU FAZENDO PARA QUE O "MEU" MINISTÉRIO SE AMPLIE CADA VEZ MAIS... E por causa disso, milhares e milhares de milhares de vidas, estão deixando de lado o Senhor por causa dessas atitudes. De pessoas, sem compromisso com o Senhor, mas comprometidas com seu ministério, com seu estatus e com o seu ego.

Precisamos parar, e pedir misericórdia a Deus pelas nossas atitudes e nossas ações. Pedir ao Senhor que nos coloque de volta no lugar onde nos perdemos, onde caímos, para que possamos retomar o caminho da "santidade e da verdadeira adoração" que agrada o coração dEle. E assim, viver uma vida como nunca sonhávamos antes viver, e pagando o preço que for para ter o "mais" de Deus em nossas vidas.

Guarde esta palavra em seu coração e se desejar maior esclarecimento sobre o que foi lido, não deixe de adquirir o livro: ADORAÇÃO E SANTIDADE - A dupla perfeita para arrebatar o coração de Deus.

Do seu amigo...

João Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário